APRESENTAÇÃO

O Mestrado Profissional em Reabilitação do Equilíbrio Corporal e Inclusão Social tem a finalidade de proporcionar uma formação profissional qualificada que permita aos estudantes adquirir o grau de Mestre Profissional, segundo o regime acadêmico e científico.

 

Público-Alvo

Poderá se inscrever o candidato com diploma de curso superior em Educação Física, Enfermagem, Design, Direito, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Gerontologia, Medicina (Otorrinolaringologia, Neurologia, Geriatria, Ortopedia, Psiquiatria), Nutrição, Pedagogia, Psicologia, Serviço Social, Sociologia, Terapia Ocupacional e áreas afins.

 

Objetivos

  • Capacitar e atualizar profissionais em conhecimentos, processos e práticas científicas, tecnológicas, terapêuticas e sociais referentes ao equilíbrio corporal e inclusão social.
  • Desenvolver projetos, técnicas, processos e protocolos sobre reabilitação do equilíbrio corporal e inclusão social, demandados por diferentes setores do mundo do trabalho.
  • Avaliar, tratar e reabilitar pacientes com diagnóstico de doenças vestibulares e outras relacionadas ao equilíbrio corporal, respeitando as normas de diferentes categorias profissionais.
  • Avaliar impactos das intervenções realizadas, segundo princípios regidos pela ética, pela humanização em saúde, promoção do bem estar e qualidade de vida.

 

Aulas

Aulas presenciais em Pirituba - São Paulo.

 

 

PUBLICAÇÕES DO PROGRAMA

ÁREA DE CONCENTRAÇÃO

Reabilitação do Equilíbrio Corporal e Inclusão Social

 

Linhas de pesquisa

Avaliação Funcional do Equilíbrio Corporal e da Audição : Esta linha de pesquisa se dedica ao estudo das alterações funcionais do equilíbrio corporal e da audição que possibilitam e orientam a seleção personalizada dos exercícios de reabilitação vestibular. A avaliação da audição é efetuada por meio de audiometria, imitanciometria, emissões otoacústicas, potenciais evocados auditivos, eletrococleografia, testes de processamento auditivo central, audiometria de altas freqüências, etc. Estes exames são fundamentais na avaliação de pacientes que apresentam: perda auditiva, zumbido no ouvido, hipersensibilidade a sons e outros sintomas auditivos associados aos distúrbios do equilíbrio corporal. A avaliação do equilíbrio corporal é realizada por meio de testes da função vestibular (nistagmografia e auto-rotação cefálica), posturografia e testes do equilíbrio funcional. Estes testes são essenciais para a avaliação dos pacientes com vertigem e outros tipos de tontura, desequilíbrio, quedas e manifestações neurovegetativas. Os testes auditivos e vestibulares são também valiosos no acompanhamento da evolução clínica dos pacientes submetidos à reabilitação vestibular.

 

Reabilitação dos Distúrbios do Equilíbrio Corporal de Origem Vestibular: Esta linha de pesquisa se dedica ao estudo dos mecanismos de ação e eficácia de protocolos de reabilitação vestibular, habitualmente utilizados, e elaboração de novos protocolos que atendam ao tipo de disfunção vestibular de cada paciente, de acordo com os sinais de comprometimento vestibular periférico ou central, identificados na vestibulometria. Os protocolos são compostos por exercícios que são periodicamente realizados na clínica e também executados pelo paciente em sua casa.

 

Reintegração Social e Profissional dos Pacientes com Vestibulopatias: Esta linha de pesquisa investiga temas, processos e práticas referentes à reintegração social e profissional de indivíduos com distúrbios de equilíbrio corporal de origem no sistema vestibular. Contempla os processos de inclusão social por considerar que os déficits de funcionalidade - transitórios ou permanentes - não podem se transformar em condição de desigualdade social. Inclui os princípios de humanização em saúde, em uma perspectiva de sociedade inclusiva. Enfatiza o diálogo entre diferentes disciplinas e áreas de conhecimento, privilegiando a interdisciplinaridade como necessária à compreensão do paciente em sua singularidade, diversidade e complexidade, atendendo o conceito de saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS).

SELEÇÃO E MATRÍCULAS

ESTRUTURA CURRICULAR

Disciplinas Obrigatórias

  • Bioética e Biossegurança
  • Metodologia Científica e Bioestatística
  • Modelos Metodológicos de Avaliação do Equilíbrio Corporal
  • Noções Básicas sobre Audição e Equilíbrio Corporal
  • Protocolos de Reabilitação Vestibular     

 

Disciplinas Eletivas

  • Casos Clínicos em Otoneurologia
  • Didática
  • Farmacologia Aplicada
  • Gerontologia Social
  • Métodos de Avaliação da Audição
  • Neurobiologia do Estresse
  • Qualidade de Vida dos Pacientes com Vestibulopatias
  • Reintegração, Saúde e Inclusão Social.
  • Seminários Avançados de Audiologia e Neurotologia
  • Teorias e Práticas Interdisciplinares em Saúde

CORPO DOCENTE

Profa. Dra. Célia Aparecida Paulino
E-mail: celiapaulino@anhanguera.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1140121626471631

 

Profa. Dra. Érica de Toledo Piza Peluso
E-mail: ericapeluso@anhanguera.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5900312617569594

 

Profa. Dra. Flávia Doná
E-mail: flavia.dona@anhanguera.com
Lattes: http://lattes.cnpq.br/0683836610965593

 

Profa. Dra. Luciana Lozza de Moraes Marchiori (Unopar)
E-mail: luciana.marchiori@unopar.br
Lattes: http://lattes.cnpq.br/4890612596204095

 

Profa. Dra. Viviane de Souza Pinho Costa (Unopar)
E-mail: viviane.pinho@unopar.br
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1161132875898554

CONTATO

Profa. Dra. Érica de Toledo Piza Peluso
Coordenadora do Mestrado Profissional em Reabilitação do Equilíbrio Corporal e Inclusão Social
E-mail: ericapeluso@anhanguera.com

 

Anália de Oliveira Silva
Secretaria de Pós-graduação Stricto Sensu
E-mail: analia.silva@anhanguera.com
Telefone: (11) 3512-8415

TESES/DISSERTAÇÕES

Não é permitida a reprodução total ou parcial para quaisquer fins sem a prévia autorização formal.
No caso de uso de informações contidas na obra, na forma de citação, é obrigatório referenciar o documento de acordo com as normas vigentes.

DOCUMENTOS